NA MARÉ BAIXA

autor:
Zinho/Macaco Preto - Abadá Capoeira


Na maré baixa

Na maré cheia
No balanço do mar
Eu sou capoeira


A vida tem altos e baixos
Como o movimento da mareja
A capoeira é meu barco
Nessa maré de peleja


Na partida fiquei perdido
Quando o navio deixou o porto
Berimbau ficou comigo
Nessa maré de desgosto


Com saudade e solidão
Mas vivo no mar da calmaria
Saudade no coração
Solidão no dia a dia


Mas vou levando minha vida
Sem desistir nem enfraquecer
O destino que me diga
O que na vida eu vou ser


Como dizia o ditado
Mas eu vou dizer dessa maneira
O mar não ta pra peixe
Mas eu ta pra capoeira

logo copyright 

Copyrights reserved. Vem Camará Capoeira 2016